Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Alheio à "guerra" do Senado, Flávio Bolsonaro tem dia de coadjuvante... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/02/02/alheio-a-guerra-do-sena
02/02/2019 09:18 em Música

Alheio à "guerra" do Senado, Flávio Bolsonaro tem dia de coadjuvante 1.fev.2019 - Senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no plenário do Senado Imagem: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO 21 Hanrrikson de Andrade e Leandro Prazeres Do UOL, em Brasília 02/02/2019 09h16 No primeiro grande teste da atual legislatura, o senador mais votado do Rio de Janeiro e filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), teve uma estreia discreta em Brasília. Na mira do Ministério Público fluminense devido a movimentações financeiras atípicas de seu ex-assessor Fabrício Queiroz, o parlamentar foi um mero coadjuvante na cerimônia de posse e no início da eleição para a Presidência do Sena... 

Sua voz foi ouvida apenas no momento do juramento, quando cada congressista é chamado para repetir a expressão "assim o prometo". Flávio foi cotado para ocupar a liderança do PSL no Senado, mas acabou marcado pelo caso Queiroz e perdeu protagonismo para o colega de bancada Major Olímpio (PSL-SP). O paulista, inclusive, lançou-se candidato à chefia do Senado e foi o escolhido para encaminhar a posição dos pesselistas em favor da votação aberta na eleição no Senado. Durante a sessão desta sexta, Flávio passou boa parte do tempo sentado em sua posição ou conversando pelo celular. Também tirou dezenas de selfies com funcionários do Senado e assessores que transitavam pelo plenário. 

COMENTÁRIOS